petit comité

O encontro da Renoi segue hoje com mini-curso oferecido por Luiz Martins da Silva (SOS Imprensa) e relatos das experiências mais consolidadas em crítica de mídia na rede. Participam desta mesa Fábio Pereira (Mídia e Política), Ana Prado (Agência Unama), Luiz Martins da Silva (SOS Imprensa) e eu, pelo Monitor de Mídia.

À tarde, novos relatos, agora dos grupos mais recentes.  Marcos Santuário fala do Mídia em Foco; Ananias de Freitas conta como andam as coisas na Puc de Minas; Wellington Pereira fala de seu Grupecj e Angela Loures atualiza as informações da Renoi-Vale do Paraíba.

No final do dia,  o evento avança com a mesa A imprensa diante da crítica de dimensão nacional, com Luiz Egypto (Observatório da Imprensa), Guilherme Canela (ANDI) e Thaís Mendonça (Mìdia e Política).

O evento é restrito, verdadeiro petit comité. Com os alunos participantes e os diversos convidados, não devemos ser mais que trinta pessoas. Grupo pequeno, mas muito concentrado. Aliás, ficaremos três, quatro dias no mesmo hotel, com a mesma rotina, convivendo e articulando soluções para a Renoi e o seu futuro. Não é pouco. E pra pouca gente, é muito…

Gonzaga Motta faz conferência de abertura

O professor Luiz Gonzaga Motta, da Unb, esbanjou erudição na conferência de abertura do 1º Encontro Nacional de Observatórios de Imprensa. “Talvez pela primeira vez na minha vida acadêmica, eu faça o uso da palavra lendo a minha fala. É que eu gostaria muito de perseguir um raciocínio sem me desviar tanto”, justificou já de início.

Lendo com voz calma e convidativa, Gonzaga Motta atuou mais como um cicerone que conduz seus ouvintes por um sinuoso percurso teórico que foi do surgimento das línguas à prática atual da crítica dos meios de comunicação. Citando George Steiner, Gadamer, Wittgenstein, Habermas, Amartia Sen, entre outros, o conferencista frisou a importância da linguagem na história do homem e no seu próprio desenvolvimento. Fez mais: salientou o exercício da crítica como uma prática hermenêutica, e com isso, a necessidade de sustentar histórica, moral e socialmente essa atividade. Daí a necessidade de se apegar a uma ética universalista que se apóie em conceitos concretos como o desenvolvimento humano. “Tenho dito e repetido que este é um caminho que acredito muito para a crítica dos meios de comunicação. Um caminho para os próprios meios de comunicação”, disse.

Para Gonzaga Motta, o apego a critérios claros do ponto de vista teórico e moral são fundamentais para embasar e legitimar os críticos de mídia em seus tempos. Mais ainda: vincular-se a esses valores auxilia a criar pontes entre as pessoas, traçar aproximações, diálogos, como se todos falássemos a mesma língua, como as ancestrais antes de Babel…

começa o 1º encontro da Renoi

Um depoimento em vídeo do jornalista Alberto Dines abriu os trabalhos no 1º Encontro Nacional de Observatórios da Imprensa, na noite de ontem, 31, em Vitória (ES). A curta fala de Dines atestou o início dos trabalhos em crítica de mídia sistemática no país, lembrando que o projeto Observatório da Imprensa começou numa universidade – a Unicamp – e o encontro da Renoi que ora começava dava continuidade a esse trabalho. “Hoje, é uma rede de universidades, a Renoi, que dá seqüência natural ao nosso trabalho”, disse Dines.

Segundo Victor Gentilli, organizador do evento, a gravação do depoimento em vídeo partiu do próprio Dines, por sua impossibilidade de viajar a Vitória na ocasião.

O 1º Encontro Nacional dos Observatórios de Imprensa tem o patrocínio da Facitec, da UFES e a Prefeitura de Vitória. Apóiam a iniciativa a SBPJor, ANDI, Fest, Ecos, Observatório da Imprensa e Centro Dom João Batista.

seminário internacional de jornalismo online

Acontece agora em junho e em São Paulo o 1º Seminário Internacional de Jornalismo Online, promovido pelo Terra e pelo Itaú Cultural.

A programação vai de 12 a 14 de junho e é recheadíssima. Veja aqui.

É nítido perceber os esforços de unir academia e mercado; brasileiros e estrangeiros; gente estabelecida na mídia convencional e gente que desponta nas new medias… O evento é bem interessante, a se julgar pelos eixos dos debates.

A melhor das notícias vem agora: as inscrições são gratuitas, mas limitadas.

Outra boa notícia: se você chegar atrasado, não tem importância. O Terra vai cobrir o evento.

cobertura online

Rodrigo Falcão e Mauricio Luft postaram uma cobertura bem completa do Seminário Blogs, Redes Sociais & Comunicação Digital, que aconteceu na Feevale, em Novo Hamburgo (RS), entre 21 e 23 de maio.

Tá, eu sei, já faz uma semana. Mas não importa. Se você – como eu – não foi, pode conferir.

mídia e psiqué

glub.gif

Conselho Federal da Psicologia (CFP), Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro (CRP/RJ) e Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (Abep) promovem o Seminário “Mídia e Psicologia: produção de subjetividade e coletividade”.

Veja os eixos dos debates propostos:

eixos de debate propostos:
• A Tecnologia das Mídias: a relação dos sujeitos com os meios técnicos de comunicação
• A Produção Subjetiva: a tensão entre cidadania e alienação
• Ética e pensamento na produção de subjetividade.
• Mídia e Produção de Subjetividade: questões da cultura
• Mídia e Produção de Subjetividade: o poder da mídia
• Mídia e Produção de Subjetividade: questões do racismo
• Mídia e Produção de Subjetividade: questões da violência
• Publicidade e a Produção de Subjetividade
• Mídia e Produção de Subjetividade: questões da infância e adolescência
• Educação para a Mídia
• A Contribuição da Psicologia para a Mídia de Resistência
• A Constituição de Sujeitos: a tensão entre ficção e realidade

Quer saber mais? Vá à fonte.

Renoi e seu primeiro encontro

Esta semana sigo para Vitória (ES), onde devo me encontrar com pesquisadores de jornalismo de todo o país, principalmente aqueles que se ocupam de crítica de mídia. É que a na bela capital capixaba acontece o 1º Encontro Nacional de Observatórios de Imprensa. O evento é promovido pela Renoi, a Rede Nacional que criamos em 2005 reunindo as principais iniciativas brasileiras nas universidades e no terceiro setor sobre crítica de mídia.

Estarão lá representantes da ANDI, do Observatório da Imprensa, do Canal da Imprensa, do Mídia e Política, do SOS Imprensa e de outros nós da rede. A organização e coordenação local do evento está a cargo de Victor Gentilli. Como coordeno a rede, sou um dos convidados e participo de duas mesas: uma sobre as experiências mais consolidadas de observatórios de imprensa no país, no caso o nosso Monitor de Mídia; e outra sobre os desafios metodológicos que se impõem sobre os leitores da mídia.

Veja a programação:

DIA 31 de Maio (Quinta-Feira)

Solenidade de abertura
20h Auditório do CEFD (Centro de Educação Física e Desportos)

Conferência de abertura
Prof. Dr. Luiz Gonzaga Motta UnB – Mídia & Política – impasses e desafios da crítica de mídia na nova realidade brasileira

Dia 1 de Junho (Sexta-Feira)

8h às 10h – Atividades, oficinas, mini-cursos voltados para estudantes, bolsistas (aplicações e atividades-piIloto de metodologias)

10h30 às 12h30 Mesa 1 (Cemuni V sala 3) – As experiências dos grupos mais consolidados
Rogério Christofoletti (Monitor de Mídia); Allan Novaes (Canal da Imprensa), Ana Prado – Unama e Luiz Martins – UnB (SOS Imprensa)

14h30 às 16h30h  Mesa 2 (Cemuni V Sala 11) – Os grupos mais recentes: problemas e dificuldades
Marcos Santuário Feevale; (Mídia em Foco), Jussara Carvalho de Oliveira (Unilinhares),  Kelly Prudêncio (UPG); Wellington Pereira (UFPB) e Angela Loures (Unitau)

16h30 às 18h30 Mesa 3 (Cemuni V sala 11) – A imprensa diante da crítica de dimensão nacional
Luiz Egypto (Observatório da Imprensa); Guilherme Canela (Andi) e Thaïs de Mendonça (Midia & Política)

Dia 2 de junho (Sábado)

8h às 10h – atividades, oficinas, mini-cursos voltados para estudantes, bolsistas (aplicações e atividades-polito de metodologias)

10h30 às 12h30 Mesa 5 (Cemuni V sala 3) – Apresentações de trabalhos de IC, TCCs, Projetos Experimentais Apresentação de posters

14h30 às 16h30 Mesa 5 (Cemuni V sala 3) – Os novos desafios metodológicos para a crítica de mídia
Josenildo Luiz Guerra – UFS, Fábio Henrique Pereira – UnB; Rogério Christofoletti – Univali; Victor Gentilli – Ufes

14h30  (auditório pequeno) – Reunião plenária

web 3.0 no centro das atenções

semanticonference.gif

Pelo menos dois grandes eventos este ano enfocam os estudos e pesquisas acerca do que vem-se chamando de Web 3.0, ou internet semântica. Read and Write traz um artigo sobre a 2007 Semantic Technology Conference que aconteceu na semana passada em San Jose, California. A página oficial do evento pode ser vista aqui.

O PointBlog, por sua vez, anuncia evento semelhante mas em dezembro e em Paris. Trata-se da LeWeb3 2007, que acontece entre 11 e 12 de dezembro próximos. Na França, quem organiza o evento é Loic Le Meur.

conferência blogueira para professores

 k12.gif

O blog The Fishbowl lembra que vai até o dia 18 de junho o prazo para submissão de trabalhos para a segunda edição da K12 Online, a conferência voltada para professores que se interessem pelo uso das ferramentas da web 2.0 em seus ambientes formativos.

O evento acontece em duas semanas: de 15 a 19 e de 22 a 26 de outubro.

Na primeira, os eixos de trabalho são: Sala de Aula 2.0 e Novas Ferramentas. Na segunda semana, são: Redes de Aprendizagem Profissional e Obstáculos para Oportunidades.

Aqui vai o site do evento.