uma carta de filho pra pai

Tenho um amigo recente, embora já o admire há anos. Mas a vida só me aproximou dele faz poucos meses. É inteligente, sensível, sereno, muito competente e escreve com uma delicadeza que estremece alicerces de arranha-céus. Quer um exemplo disso? Então, leia a carta que Dauro Veras escreveu para o pai dele, que tem 85 anos e está numa esquina escura da vida…

É lindo, é humano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s