veja os lançamentos editoriais na sbpjor

O 8º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo da SBPJor tem agendado para a noite de amanhã a sessão de autógrafos e lançamento de livros.
Quer saber as novidades? Siga a lista:

“Ensino de Jornalismo em tempos de convergência”
Organizadores: Elias Machado e Tattiana Teixeira
Editora: E-papers

O livro apresenta trabalhos da equipe de pesquisadores da UFSC da Rede PROCAD/CAPES O Ensino de Jornalismo na Era da Convergência Tecnológica. Com 148 páginas, a obra está divida em duas partes e conta com oito capítulos. Na primeira parte são publicados textos de Elias Machado, Tattiana Teixeira e Francisco Karam.  Na segunda parte os textos são de autoria de Diego Kerber, Elias Machado, Leonardo Foletto, Vivian Viríssimo e Rodolfo Espinola.

“Jornalismo e acontecimento: mapeamentos críticos”
Organizadoras: Márcia Benetti e Virginia Pradelina da Silveira Fonseca
Editora: Insular

Este é o primeiro livro do projeto “Tecer: jornalismo e acontecimento”, financiado pela CAPES, através do PROCAD, reunindo pesquisadores dos programas de pós-graduação em Comunicação da UNISINOS, UFMG, UFRGS e UFSC. Em 9 textos, 17 pesquisadores tratam do acontecimento jornalístico sob  três perspectivas: “interfaces disciplinares”, “incursões sistematizadoras” e “reflexões aplicadas”.

“Mestres da Comunicação”
Organizadoras: Monica Martinez e Rosemary Bars Mendez
Editora: Phorte Editores

Dez pesquisadores contemporâneos propuseram-se o desafio de escrever, cada um, o perfil de um profissional de destaque da área: Norval Baitello Junior (escrito por Dimas Künsch), Jair Borin (por Jaqueline Lemos), Wilson Bueno (Arquimedes Pessoni), Dulcília Buitoni (Gisely Hime), Carlos Chaparro (Paulo Sérgio Pires), Boris Kossoy (Rodrigo Capella), Edvaldo Pereira Lima (Monica Martinez), Cremilda Medina (Raul Vargas), José Marques de Melo (Rosemary Bars Mendez) e Lucia Santaella (Vinicius Romanini).

“Produção e colaboração no jornalismo digital”
Organizadores: Carla Schwingel e Carlos A. Zanotti
Editora: Insular

Primeiro trabalho conjunto da Rede de Pesquisa Aplicada em Jornalismo e Tecnologias Digitais (JorTec), esta obra reúne textos derivados de investigações teóricas e empíricas de pesquisadores que se ocupam das crescentes transformações que a tecnologia vem impondo à Comunicação, em especial ao Jornalismo. Captação, produção, empacotamento, transmissão, distribuição e financiamento de conteúdos nas convergentes plataformas comunicacionais são os temas predominantes neste livro, útil aos que consideram a Comunicação e a Informação direitos fundamentais na Sociedade do Conhecimento.

“Dissídio das Vozes: a política dos jornais segundo os manuais de redação Folha, Estado e Globo”
Autor: Francisco Gonçalves
Editora: EDUFMA

A partir da análise dos processos de racionalização das práticas discursivas dos jornais Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo e da publicação e circulação dos seus manuais de redação, Francisco Gonçalves da Conceição analisa as formas de regulação dos espaços públicos empreendidas por essas organizações. Para tanto, parte do pressuposto que os manuais de redação não visam apenas disciplinar o trabalho dos jornalistas e/ou ditar um padrão lingüístico para a sociedade. Visam também regular as relações entre jornalistas, fontes e leitores e, deste modo, o próprio espaço público instituído na ação dos jornais.

“Estado, Mídia e Oligarquia: poder público e meios de comunicação como suporte de um projeto político para o Maranhão”
Autor: Carlos Agostinho Couto
Editora: EDUFMA

“Estado, Mídia e Oligarquia: poder público e meios de comunicação como suporte de um projeto político para o Maranhão” é resultado dos estudos de doutorado em Políticas Públicas de Carlos Agostinho A. de M. Couto, que aprofunda as relações do poder no estado do Maranhão com a mídia no período de 1965 ao início dos anos 2000.

“Comunicação Empresarial – transformações e tendências”
Organizador: Boanerges Lopes
Editora: Mauad X

“Comunicação Empresarial– transformações e tendências” expõe as mudanças constantes proporcionadas hoje pelos meios de comunicação, mostrando os diferentes matizes do vínculo indivíduo-organização e como se dá essa dinâmica através das redes sociais, blogs, podcasts e demais componentes do mundo digital, que geram milhares de influenciadores e multiplicadores.

“Identidade e Tecnocultura – a comunicação em questão”
Organizadores: Iluska Coutinho e Nilson Assunção Alvarenga
Editora: Mauad X

A identidade central Identidade e Tecnocultura – a comunicação em questão são os caminhos percorridos, hoje, pela Comunicação de um amplo espectro de temas, abordagens e paradigmas. Os textos apresentados neste livro relacionam as reflexões sobre mídia às mudanças tecnológicas, às novas linguagens e formas de sociabilidade.

“Vitrine e Vidraça: Crítica de Mídia e Qualidade no Jornalismo”
Organizador: Rogerio Christofoletti
Editora: LabCom Books

Segundo livro organizado pelos pesquisadores da Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi), vinculada à SBPJor. Neste volume, sete pesquisadores avançam nas discussões sobre o papel da crítica e análise da mídia e sua articulação para ganhos de qualidade no jornalismo. Conceitos como democracia, cidadania e accountability são enfocados, bem como gestão de qualidade, monitoramento de noticiário e metodologias para o aprimoramento de produtos e serviços noticiosos. Participam como autores Luiz Martins da Silva (UnB), Danilo Rothberg (Unesp), Josenildo Luiz Guerra (UFS), Fernando Oliveira Paulino (UnB), Laura Seligman (Univali), Marcos Santuário (Feevale) e Rogério Christofoletti (UFSC), que organiza a obra.

“Inovações do Jornalismo no Mundo”
Autor: Sebastião Jorge
Editora: EDUFMA

A presente obra propõe-se a tratar do jornalismo incorporado à cultura, com estudos a respeito de grandes mestres que contribuíram com a imprensa, para mais bem servir à coletividade, tanto a nível local, nacional e internacional. Preocuparam-se em melhorá-la fazendo o bom uso da linguagem, da ética e dos princípios humanísticos que regem à sua missão.

“Indicadores da Qualidade no Jornalismo: políticas, padrões e preocupações de jornais e revistas brasileiros”
Autor: Rogério Christofoletti
Editora: Unesco Brasil

Primeira de uma série de quatro publicações eletrônicas resultantes da pesquisa Indicadores da Qualidade da Informação Jornalística, realizada na parceria entre Unesco e Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi). Neste volume, o leitor tem acesso a um amplo levantamento bibliográfico sobre qualidade e inovação na imprensa brasileira, bem como a um conjunto de entrevistas com gestores de jornais e revistas sobre padrões de qualidade na indústria brasileira atual. Estudo inédito, 62 páginas.

“Jornalistas e suas visões sobre qualidade: teoria e pesquisa no contexto dos Indicadores de Desenvolvimento da Mídia da UNESCO”
Autor: Danilo Rothberg
Editora: Unesco Brasil

Segundo volume da série de quatro publicações eletrônicas resultantes da pesquisa Indicadores da Qualidade da Informação Jornalística, realizada na parceria entre Unesco e Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi). O autor apresenta o que pensam e como compreendem os jornalistas brasileiros acerca da qualidade da informação no setor. Estudo inédito, 50 páginas.

“Sistema de gestão da qualidade aplicado ao jornalismo: uma abordagem inicial”
Autor: Josenildo Luiz Guerra
Editora: Unesco Brasil

Terceiro volume da série de quatro publicações eletrônicas resultantes da pesquisa Indicadores da Qualidade da Informação Jornalística, realizada na parceria entre Unesco e Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi). O autor faz uma abrangente e complexa avaliação de como a imprensa brasileira trata a gestão da qualidade em seus processos e como isso resulta em seus produtos e serviços. Estudo inédito, 62 páginas.

“Qualidade jornalística: ensaio para uma matriz de indicadores”
Autor: Luiz Augusto Egypto de Cerqueira
Editora: Unesco Brasil

Este volume fecha a série de quatro publicações eletrônicas resultantes da pesquisa Indicadores da Qualidade da Informação Jornalística, realizada na parceria entre Unesco e Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi). De forma propositiva, o autor retoma os pontos destacados nas três publicações anteriores e lança uma matriz de indicadores para avaliação de produtos da imprensa brasileira. Estudo inédito, 34 páginas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s