jornalismo contemporâneo: um livro

Todos os anos a Compós lança um livro coletivo com uma temática específica dos estudos da comunicação. A publicação traz capítulos assinados por alguns dos principais autores que se debruçam sobre aquele assunto. Neste ano, o livro tem como título “Mediação e Midiatização”, e foi organizado por Maria Ângela Mattos, Jeder Janotti Junior e Nilda Jacks. Em 2011, a publicação abordou o jornalismo contemporâneo, e foi organizada por Gislene Silva, Dimas Künsch, Christa Berger e Afonso Albuquerque.

Aliás, quer baixar o livro? Clique aqui.
Quer comprar a versão impressa? Por aqui.

Anúncios

  1. Pingback: jornalismo contemporâneo: um livro « monitorando « jornalmovel
  2. Tereza Cristina Mello

    CARAVANA DA ANISTIA CHEGA A SC PARA ANALISAR ABUSOS DA DITADURA MILITAR

    Comissão do Ministério da Justiça irá avaliar denúncias de catarinenses que foram perseguidos após o golpe militar de 1964. Programação também conta com eventos culturais

    Entre os dias 18 e 22 de junho, a Faculdade Cesusc (Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina), em Florianópolis, sediará a 59ª Caravana da Anistia do Ministério da Justiça. A programação prevê a exibição de filmes e documentários, debates, atividades culturais, lançamentos de livros e mostras fotográfica e de cartoons relatando a Ditadura Militar (1964-1985) e os perseguidos políticos em Santa Catarina e no Brasil.

    A caravana também tem a tarefa, ao se instalar nos Estados, de analisar os requerimentos de reparação encaminhados pelos ex-perseguidos políticos da ditadura à Comissão de Anistia do Ministério da Justiça. Trata-se da instância que tem a palavra final para reconhecer os abusos cometidos pelo Estado brasileiro e conceder aos ex-perseguidos o direito a uma indenização econômica e o título de anistiado político.

    A Sessão Especial de julgamentos de requerimento de ex-perseguidos políticos em Santa Catarina, com a presença do Presidente da Comissão de Anistia Dr. Paulo Abrão, está marcada para o dia 22 (sexta-feira).

    “A idéia das caravanas é trazê-la de Brasília para os Estados, onde as pessoas sofreram a perseguição. Também é uma oportunidade de resgate da história e da cidadania no Brasil, aproximando estudantes e a sociedade em geral desses fatos que ocorreram a partir de 1964 na Ditadura”, afirma o presidente do Cesusc, Prudente José Silveira Mello.

    A organização diz ainda que as caravanas têm um sentido memorialístico, mas também servem de instrumento de defesa do ambiente democrático que o Brasil desfruta hoje. “Queremos impedir que aqueles fatos se repitam e a democracia no país não seja atacada como foi em 1964”, declara Mello.

    Programações culturais e históricas são destaques da Caravana

    A Mostra Fotográfica será organizada pelo jornalista e historiador Celso Martins e a Mostra de Cartoons pelo Presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) Celso Schröder. Serão lançados ainda livros do historiador Celso Martins – Quatro Cantos do Sol, da Coordenadora do Comitê Catarinense Pró Memória dos Mortos e Desaparecidos Políticos, a escritora Derlei Catarina de Luca – No Corpo e na Alma e da jornalista Louise Benassi – As Lembranças não Morrem.

    O evento contará com dois projetos paralelos de cinema: Cinema pela Verdade (Projeto Marcas da Memória), com exibição do filme “Condor” (2007) de Direção de Roberto Mader, e do documentário “Cidadão Boilesen” (2009), Direção de Chaim Litewski. E o CineCesusc Diretos Humanos com exibição do documentário Brazil: A Report on Torture (1971), Direção de Haskel Wexler e Saul Landau.

    Após a exibição das obras estão programados debates com o produtor Pedro Asbeg (Cidadão Boilesen), professores e os Conselheiros da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça Virginius Lianza de Franca e Prudente José Silveira Mello e o Ex-Presidente Nacional do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Raimundo Cezar Britto Aragão.

    Sobre os Documentários:

    A obra “Cidadão Boilesen” foi premiada no Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade, esteve no Festival do Rio e na Mostra de São Paulo. Sempre aplaudido pelo público e pela crítica, levanta o véu sobre a Operação Bandeirantes (OBAN) – centro de informações e investigações montado pelo Exército do Brasil em 1969, que a coordenava e integrava as ações dos órgãos de combate às organizações armadas de esquerda durante o regime autoritário.

    O documentário “Condor” foi vencedor dos prêmios de Melhor Documentário no Festival do Rio e Prêmio do Juri em Gramado em 2007. Ele narra as diferentes versões sobre a “Operação Condor”, conexão entre as ditaduras do Conesul nos anos 70, e apresenta depoimentos emocionantes de algumas vítimas e personagens desse período marcante da história da América Latina.

    Já o documenário “Brazil: A Reporto n Torture” (“Brasil, o relato de uma tortura”) relata e encena práticas como pau de arara, choque elétrico, espancamento e afogamento. O objetivo era denunciar no exterior o que ocorria nos porões da ditadura brasileira. O filme foi realizado em 1971, em Santiago, no Chile, para onde os brasileiros foram banidos. O documentário foi uma iniciativa dos cineastas americanos Haskel Wexler e Saul Landau, que estavam no Chile para produzir material sobre o presidente Salvador Allende e souberam da presença dos brasileiros. Quase todos os guerrilheiros que deram depoimentos não assistiram ao filme até hoje. Dois deles se suicidaram alguns anos depois: Frei Tito e Maria Auxiliadora Lara Barcelos, uma das mais próximas amigas da Presidenta Dilma Rousseff, no período da Var-Palmares, no início da década de 70.

    Confira a programação:

    Dia 18/06
    19h – Abertura da Mostra Fotográfica do jornalista e historiador catarinense Celso Martins.

    20h – Lançamentos de Livros:
    Quatro cantos do Sol
    Jornalista e historiador Celso Martins

    No Corpo e na Alma
    Coordenadora do Comitê Catarinense Pró Memória dos Mortos e Desaparecidos Políticos, a escritora Derlei Catarina de Luca.

    As Lembranças não Morrem
    Jornalista Louise Benassi

    Dia 19/06
    19h – Abertura da Mostra de Cartoons organizada pelo Presidente da Federação Nacional dos Jornalistas Celso Schröder

    20h – Bate-papo sobre a importância dos cartoons em publicações independentes na Ditadura com o cartunista Frank Maia

    Dia 20/06
    8h – CineCesusc Direitos Humanos -Documentário Brazil: A Report on Torture (1971) – Direção de Haskel Wexler e Saul Landau.

    10h – Debate Virginius Lianza de Franca – Conselheiro Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.

    19h – Cinema pela Verdade -Filme Condor (2007) – Direção de Roberto Mader.

    21h – Debate Iur Gomes – Cineasta; e Mariana Joffily – Professora Universidade do Estado de Santa Catarina.

    Dia 21/06
    8h – CineCesusc Direitos Humanos, exibição de documentário sobre a Ditadura Militar no Brasil.

    10h – Debate Raimundo Cezar Britto Aragão – Ex-Presidente Nacional do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

    19h – Cinema pela Verdade -Documentário Cidadão Boilesen (2009) – Direção de Chaim Litewski.

    21h – Debate Pedro Asbeg – Produtor do Documentário; e Prudente José Silveira Mello – Conselheiro Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.

    Dia 22/06
    8h30 – Abertura da Caravana da Anistia com Sessão Especial de Julgamento de requerimento de ex-perseguidos políticos de Santa Catarina.
    Paulo Abrão – Presidente da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.

    12h30 – Recesso almoço

    14h – Continuação: Caravana da Anistia com Sessão Especial de Julgamento de requerimento de ex-perseguidos políticos de Santa Catarina.

    Responder

    Encaminhar

  3. Pingback: e-Book: Jornalismo Contemporâneo – figurações, impasses e perspectivas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s