O ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, anunciou hoje que o CNPq aumentará sistematicamente a concessão de bolsas de produtividade chegando a 17 mil até 2010. Para se ter uma idéia, em 2007, foram concedidas 10 mil, e neste ano, elas podem chegar a 12 mil.

De acordo com a assessoria de comunicação do CNPq, a coisa começa assim: “500 bolsas novas para serem implementadas a partir de julho, para pesquisadores que tiveram mérito reconhecido no último julgamento, mas não puderam ser atendidos”. Depois, “o CNPq concederá 1.500 novas bolsas para o julgamento deste semestre, que serão implementadas a partir de março de 2009. Outras 2.400 bolsas estão previstas para 2009 até alcançar 17 mil em 2010”.

Segundo o CNPq, “como houve expansão significativa do número de bolsas para o próximo julgamento, o edital será reaberto para dar oportunidade à inscrição de novos candidatos”.

Para se ter uma idéia, no último edital, que trouxe resultados no início do ano, a área de comunicação teve apenas três bolsas a mais do que em 2007.

As chamadas Bolsas PQ são bolsas de produtividade, destinadas a pesquisadores que apresentam grande produção científica e consideradas um estímulo necessário e bem-vindo à comunidade.

As notícias são boas, alentosas. É esperar pra ver…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.