Eluana Englaro morreu há cerca de três horas. Seu caso foi a polêmica das últimas semanas na Itália por conta da decisão da Justiça que autorizou a suspensão do tratamento que a mantinha viva (? – em coma) há 17 anos.

O primeiro ministro Silvio Berlusconi, que tentou impedir a ação por vias políticas, lamentou o ocorrido, dizendo que se sentia amargurado por não ter conseguido salvar a vida de Eluana. Como se ele pudesse…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.