cheias em sc: tentando voltar à normalidade…

Estive ontem em Itajaí junto com um grupo de voluntários, e a sensação que tivemos é de que a cidade não caiu de joelhos diante da enchente deste ano. É verdade que muitos bairros foram afetados, que houve perdas materiais terríveis, que o medo e o desespero tomou conta de muitos, mas pelo que pudemos perceber, desta vez, a situação esteve mais sob controle.

Diferente de 2008 que havia perplexidade no olhar das pessoas e pânico no ar, ontem, nos abrigos, até sobrava voluntários. Fiquei pensando nas razões disso. Conversei com diversas pessoas tentando entender, e cheguei à conclusão de que uma soma de fatores permitiram isso: a cheia não foi uma surpresa total, já que os meios de comunicação e os governos locais alardeavam a possibilidade; a população em áreas de risco resistiu menos para deixar suas casas e seguir para os abrigos públicos; a defesa civil e órgãos consorciados tinham mais recursos, gente e know how; algumas obras de retificação de cursos de rio e de aumento de calado no Porto de Itajaí facilitaram a vazão do alto volume de água que descia do Alto e Médio Vale do Itajaí; circulou mais informação por canais tradicionais e alternativos, como as redes sociais, ajudando no quer fosse preciso…

Claro que deu uma tristeza imensa ver parte da cidade debaixo d’água. Recomeçar é tão difícil. Mas o sol que brilhou durante todo o dia de ontem trouxe um novo astral e disposição renovada para voltar a lutar.

 

Anúncios

  1. Laura Seligman

    as obras que enterraram encanamentos de uns dois metros de diâmetro ajudaram muito…faltou virem comer bolo aqui em casa

    • Rogério Christofoletti

      Amadinha, não conseguimos passar aí. Estávamos com o carro lotado de gente, cansados, sujinhos e preocupados com o Vini em Floripa… mas voltaremos para um cafezão… obrigado por tudo e sigamos…bj

  2. raquel

    Em 2008 estava morava na Europa e sofre de longe vendo minha família ser atiginda pela enchente de Itajai, esse ano pude estar com eles e ver de perto tudo isso e a idéia que fica é que não podemos controlar as Intempéries naturais, mas podemos aprender com elas e minimizarmos os estragos. É isso que Itajai fez de diferente. Certamente o sol dos últimos dias ajudará com a boa vibração da solidariedade e da ação necessária.

  3. Alessandra

    Poxa Rogério, mto belo esse trabalho que vc ta fazendo, e foi mto legal a corrente de informações que vc fez nos dias mais tensos, parabéns, é mto bom ver que um velho amigo se tornou um grande jornalista, preocupado com os problemas sociais, e com certeza com sua rede de informações prestou grande ajuda aquelas pessoas que ja estavam passando por momentos tão dificeis. E olha, como eu ja disse, se precisar de ajuda la pro pessoal, avisa, a gente mobiliza tudo por aqui e tenta fazer o possivel! ABraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s