20 anos sem miles

Há exatamente duas décadas, a irmã de um amigo meu saía para trabalhar. Era de manhã, e ela cumprimentou com um corriqueiro bon jour o porteiro de seu prédio em Paris. Ele respondeu a ela de forma muito educada. “Não é um bom dia, senhora! Miles Davis morreu!”

A história é real e faz parte da minha mitologia particular sobre o jazz.

Fiquem com Miles, que está fazendo um longo concerto em outra dimensão…

Anúncios

Um Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s