monitor relata cobertura da mídia de sc sobre as enchentes

O Monitor de Mídia atualiza hoje seu site, colocando no ar a edição 145, a última deste ano. Os destaques são um relato sobre os meios de comunicação catarinense na cobertura sobre as cheias de novembro, e um amplo levantamento sobre as capas dos jornais brasileiros sobre a vitória de Barack Obama – que toma posse mês que vem.

Anúncios

Uma consideração sobre “monitor relata cobertura da mídia de sc sobre as enchentes”

  1. Conforme dados oficiais, esta não foi a pior delas no Estado, em 1974 em Tubarão houve uma que gerou 199 mortos e 65 mil desagrigados, o rio teria subido 10,22 mts. Em 1983 e 1984, 140 pessoas morreram em todo o Estado nessas cheias, em 1983 tb em Blumenau, o rio Itajaí subiu 15,34 mts deixando 197 mil pessoas desabrigadas c/ 8 mortos, no ano seguinte este mesmo rio subiu 15,46, deixando um saldo de 155 mil desabrigados e 8 mortos, outras fortes chuvas em 1995 em Floripa, mais 69 mortos, furação Catarina em 2004 mais mortes e desabrigados e agora esta última de 2008 c/ mortes e desabrigados ainda não computadas oficialmente. Pergunto, QUANTOS MAIS mortos irão ser necessários para acordarem e tomarem as providências cabíveis nessas e outras mais regiões, não é de hoje que o Criador(Eu creio) atraves da mamãe Natureza vem nos mostrando que nem todos os lugares podem ser invadidos, habitados, tipo, morros e suas encostas, próximos aos rios…) e sofrerem degradações pelos Homens, queira Deus que depois desta despertem e reflitam melhor sobre estes locais e suas tragédias, se vale mesmo ainda permanecerem neles. Que estes exemplos sirva de alerta aos demais em todo o Planeta!!!

Deixe uma resposta para M. SÉRGIO Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.