Aos seis anos, eu não sabia nada de nada. Mais de trinta anos depois, a coisa continua na mesma.

Mas não desanimem: novas gerações chegam para salvar o mundo e converter a humanidade numa nota de rodapé relevante no Grande Livro da Vida no Universo. Meu filho, por exemplo, nem completou seis anos e já sabe o que quer. Quando crescer, vai ser “desenhor”. Isso mesmo! Ela vai desenhar, criar personagens novos, colorir o mundo, apagar as coisas ruins, e por aí vai.

Você duvida?

Veja só o que o moleque já apronta com uma folha amassada e um punhado de canetinhas quase-sem-tinta, toquinhos de giz de cera e canetas esferográficas…

(compilado e legendado pela Ana Laux)

8 comentários em “meu filho quer ser “desenhor”

  1. Que maravilha de desenhor!!! que deus o abençoe…tenho certeza que o futuro dele será promissor já que o presente é certo!!!

    Dê um beijinho nele por mim e pelo Dimitri..

    Abs,

    Veronica

  2. O Vini, leva jeito para ser “desenhor” mesmo…
    Investe no garoto que o futuro é promissor.
    Abraços e parabéns pelo filhote Roger!

  3. Tem talento o menino “desenhor”. Se ele morasse em Curitiba, matriculava na escolinha do Alfredo Andersen. Aprendi muitas técnicas de desenho lá. Ah, como era bom o tempo que sonhava em transformar o mundo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.