Este blog fez 10 anos!

Quando comecei este blog, em maio de 2005, o mundo era bem diferente do que é hoje.

George W. Bush não só mandava nos Estados Unidos, como estava no segundo mandato! Por aqui, Lula era o presidente e uma tal de Dilma Rousseff estava às vésperas de assumir a Casa Civil. O Fórum Social Mundial ainda acontecia em Porto Alegre e a Microsoft preparava o lançamento de uma novidade, o XBox 360. João Paulo 2º nem tinha esfriado ainda e Bento 16 dava o sermão na Praça São Pedro. Quem diria? O YouTube estava surgindo! O Orkut era o rei das redes sociais – apesar do Facebook já existir – e o Twitter só apareceria no ano seguinte, em 2006. Eu tinha um bebê em casa, muito mais cabelo e esperança, e muito menos barriga e mau humor.

Em dez anos, o mundo não parou de girar uma única vez. Por isso, mudamos tanto. Um passo à frente e você não está no mesmo lugar. Não foi assim que Chico Science ensinou?

Não entendo também como conseguimos chegar até aqui. Deveria ter desistido. Tive chance pra isso. Faltou coragem, faltou tempo, sei lá.

Registramos mais de 450 mil visitas, mais de 3,3 mil comentários e infinitas horas despejando coisas que colecionei por aí. Valeu a pena? Sim, valeu. Afinal, não são muitas as coisas na nossa vida que duram dez anos.

Obrigado pela visita, por algum comentário, por lincar este blog. De alguma forma, ele também foi seu. E eu me senti menos patético e sozinho enquanto remexia essas memórias.

2007: o endereço ainda era monitorando.zip.net

2007: o endereço ainda era monitorando.zip.net

2007: primeiro layout no wordpress

2007: primeiro layout no wordpress

2008: era demais ter um blog nessa época!

2008: era demais ter um blog nessa época!

2009: blogar era publicar para não perecer

2009: blogar era publicar para não perecer

2010: o blog se tornava cada vez mais um diário de bordo

2010: o blog se tornava cada vez mais um diário de bordo

2010: a cada mudança de humor, uma alteração no layout

2010: a cada mudança de humor, uma alteração no layout

2011: a integração com o Twitter ajudava a

2011: a integração com o Twitter ajudava a “espalhar” melhor

2012: começa a bater o cansaço. Os blogs já não são mais os mesmos

2012: começa a bater o cansaço. Os blogs já não são mais os mesmos

2013: posts ficam cada vez mais enxutos

2013: posts ficam cada vez mais enxutos

2014: as postagens ficam mais escassas

2014: as postagens ficam mais escassas

2015: o blog é

2015: o blog é “engolido” pelo site, mas sobrevive

Anúncios

Um Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s