liberdade de conexão; liberdade de expressão

A Unesco lançou uma publicação de 105 páginas abordando o estado das coisas em termos de liberdade de conexão à web e suas implicações no desenvolvimento da liberdade de expressão para os cidadãos. O planeta tem pouco mais de 1,97 bilhão de internautas, o que significa que menos de um terço da população tem acesso a uma quantidade quase infinita de informações. “Freedom of Connection-Freedom of Expression” ataca o tema, apoiando-se em pesquisa empírica e estudos de casos da normas e regulamentos ao redor do mundo.

São seis frentes de estudo:

  • Iniciativas técnicas relacionadas à conexão e desconexão, a exemplo de filtros de conteúdo
  • Direitos digitais
  • Política industrial e regulação, incluindo direitos autorais, TICs e propriedade intelectual
  • Cuidados com o usuário
  • Padrões e políticas para a rede
  • Segurança da rede, como o controle de pragas virtuais

Vale conhecer o estudo. Baixe aqui

3 respostas para “liberdade de conexão; liberdade de expressão”.

  1. Obrigada, por compartilhar, Rogério.
    Já salvei em meus favoritos.
    Excelente.
    Bom final de semana, para você.
    Um abraço.

  2. […] blog que costumo seguir sempre é o Monitoriando, do Rogério Christofoletti. Ele sempre traz uma boa cobertura do que a Unesco está fazendo na […]

  3. Olá Rogério,

    Lancei um blog sobre minha pesquisa sobre o MArco Civil Regulatório, e coloquei uma nota desse post lá. Ainda estou buscando of formato e a linha editorial do blog, e qualquer comentário é bem vindo.

    http://culturadigital.br/cidadaniadigital/2011/06/06/unesco-freedom-of-expression-freedom-of-connection/

    Abraço, Fabro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: