cada uma que aparece…

Deu entrada ontem na Câmara de Vereadores de Itajaí um projeto de lei que ilustra o despreparo e o desconhecimento dos vereadores sobre o funcionamento da imprensa e da própria sociedade. O proponente, Douglas Cristino (PSD), quer agora que a imprensa local seja obrigada a informar, em matérias de crime, a naturalidade dos suspeitos e acusados.

Isso mesmo!

O vereador acha que jornalistas que cobrem a polícia têm acesso a todas as informações…

O vereador acha que essa informação é mesmo relevante…

O vereador acha que pode decidir sobre o que a imprensa deve informar…

O vereador acha que, com a medida, vai provar que os criminosos na cidade são de fora…

O vereador acha que a atitude criminosa esteja ligada à origem do autor de um delito…

O vereador acha que, provando que os criminosos são forasteiros, ele estará fazendo o seu trabalho como parlamentar municipal…

O vereador acha que sua proposta é constitucional, necessária e importante… Nada disso.

Anúncios

  1. Thiago Amorim Caminada

    Aqui em Itajaí, alguns projetos de lei são dignos de um circo dos horrores. Tem vereador que quer impedir os radares multem os motoristas que ultrapassam o sinal vermelho; vereadora querendo obrigar os servidores públicos a beberem água da torneira… e por aí vai!

  2. Guilherme Flores

    Parece piada…
    É inútil, pois no máximo, seria uma forma de tentar maquiar os crimes que acontecem na cidade.
    E me parece inconstitucional por dois motivos:
    1- O simples fato de querer interferir no que o jornalista deve ou não publicar;
    2- E se o “suposto autor” for julgado e declarado inocente? E se outra prova aparecer, incriminando outra pessoa? Estaria sendo criada uma falsa estatística, violando um direito do próprio suspeito e induzindo ao erro a população.

    Além disso, se é necessário que se publique na imprensa a naturalidade do “suposto autor” para que sejam ‘criadas políticas públicas de auxílio às pessoas provenientes de outros municípios’ (como diz a justificativa do PLO), algo está errado, ou no mínimo fora de ordem…

  3. Kunimund Krönke Junior

    Sinto um cheiro de xenofobia nessa proposta. Será que o vereador pensa que criminosos itajaienses ou nascidos na região representam menos perigo à população? O “nobre” legislador deveria usar seu tempo para criar leis para dar oportunidades de educação e de emprego, principalmente para a população carente. Abraço, Christofoletti!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s